Divisão de Operações e Segurança


HISTÓRICO


Brasao DOS
Por iniciativa do Chefe da Casa Militar, Cel. QOPM Arivonil Fernandes dos Santos, em 15 de março de 1971 foi criada a Divisão de Operações e Segurança (DOS), que tinha por objetivo efetuar a proteção pessoal do Primeiro Mandatário do Estado, seus familiares, visitantes ilustres, bem como, instalações físicas do palácio e residência oficial. No início a atividade foi denominada como Serviço Especial de Segurança – SES.

Em data de 11 de agosto de 1987, através do decreto n. 1.132 foi aprovado o Regulamento da Casa Militar, que alterou o efetivo de 20 (vinte) homens comandados por um Oficial Intermediário, para então 51 (cinqüenta e um) homens comandados por um Oficial Superior, este decreto alterou também a designação da atividade que passou a chamar-se definitivamente Divisão de Operações e Segurança – D.O.S.

MISSÃO

A Divisão de Operações e Segurança – DOS tem como missão proporcionar segurança pessoal e atendimento funcional ao Governador, Primeira Dama e familiares, Vice-Governador e familiares, dignitários em visita oficial ao Estado, bem como segurança das residências oficiais e área interna do Palácio das Araucárias e do Palácio Iguaçu.


ESTRUTURA ORGANIZACIONAL


organograma
Recomendar esta página via e-mail: